sábado, 1 de março de 2008

Hoje sorri!


Hoje sorri! Quando bateram à porta, voltei a sorrir. Dois sorrisos foi quanto bastou para sentir que o da estava ganho. Foram rudes comigo. Nunca cheguei a saber como é possível detectar um sorriso. Inda se fosse uma gargalhada mas não, apenas um sorriso silencioso que nem eu próprio podia ouvir. Levaram-me, que importa, talvez um dia volte a sorrir e quem me rodeia sorria comigo. Não quero estar só! Não!
Nunca mais!

5 comentários:

Olá!! disse...

Posso sorrir contigo????

António Sabão disse...

Claro! Desculpa não pôr os teus prémios nos meus blogs mas aceito-os com o muito carinho que mos ofereces! Beijão

f@ disse...

É bom que sorrias + e mto para ti mesmo. Eu já mtas vezes sorri com lágrimas... Mtas vezes sorrimos para os outros e esquecemos de sorrir ao nosso próprio coração que tb merece... e acho que o teu merece mesmo mto.
Pensa nisso e beijinho imenso

Miss D disse...

Faz desta a tua filosofia de vida!

Bernardo Moura disse...

É preciso sorrir!
Sorri!
:)