sexta-feira, 29 de agosto de 2008

Dia especial


Hoje é um dia especial!

Amanhã será melhor?
Existirá amanhã?
Amanhecerá?
Triste é o entardecer
Que não tarda.

Hoje é um dia especial?
Haverá dias assim?
Especiais?
Acredito no vazio
Que me enche a vida
E transborda!


Merda que a puta da tristeza
insiste em não me abandonar!

3 comentários:

Bernardo Moura disse...

Querido amigo,
faz-me um favor. Vai a uma janela de tua casa, abre-a e grita bem alto: "TRISTEZA..VAAAAII PARA A GRANDAA PUTA CA TA PARIUUU!!!!".
Depois telefona-me.

Abraço

Armindo Guimarães disse...

eheheheh

Se a tristeza dá para um gajo se inspirar dessa maneira, então manda-me um pouco dela, pois eu passo a vida a rir-me pra carago, que o mesmo é dizer, a mostrar os dentes e por causa disso nunca digo nada de jeito como é agora o caso. eheheheh

Grande abraço

Armindo Guimarães disse...

A ideia do Bernardo é muito boa!

Até estou a imaginar os vizinhos a correrem à janela, a interrogarem-se: será que o gajo está fodido comigo?

eheheheh

Abraços