quinta-feira, 10 de julho de 2008

Pai e filho vão sentados num autocarro cheio, entra uma senhora e o pai diz ao filho para ele se levantar e dar o lugar à senhora. Como o filho começa a torcer o nariz o homem não tem outro remédio senão levantar-se ele para dar o lugar. Quando chegam ao fim da viagem diz o pai: - Ouve lá, tu não tens vergonha? Foi essa a educação que eu te dei? Porque é que não te levantaste quando eu te disse para dar o lugar à senhora? - Ora essa, se não és tu que tens uma foto com a mãe em que ela está de pé e tu estás ali sentadinho que nem um fidalgo... - Pois é. Mas é que quando tirámos essa fotografia, estávamos casados há quatro dias, nem a tua mãe se podia sentar, nem eu me tinha de pé!

5 comentários:

Bernardo Moura disse...

EHEHEHEHEH!!
:)

xico man disse...

hhehehehehehehhehhheeh Demais!!!

abelhinha disse...

"Como distinguiremos o que é bom no prazer do que é mau?
Ide, pois, aos vossos campos e pomares e, lá, aprendereis que o prazer da abelha é sugar o mel da flor,
Mas que o prazer da flor é entregar o mel à abelha.
Pois, para a abelha, uma flor é uma fonte de vida.
E para a flor, uma abelha é uma mensageira do amor.
E para ambas, a abelha e a flor, dar e receber prazer é uma necessidade e um êxtase."
KG
Bom fds
bzummzumm

fotógrafa disse...

A amizade abraça
todos os aspectos da vida.
Bom fds
abraço

Miki disse...

Quem pelo meu jardim passar, a mim achará.
Bom fim de semana.
Kisu